Get Adobe Flash player

Autoridades garantem Circuito Penedo de Cinema em 2017

Solenidade de encerramento foi marcada por agradecimentos e pela certeza da importância do evento para o Estado de Alagoas

Texto de Deriky Pereira

Patrocinadores prestigiaram encerramento e garantiram apoio ao evento em 2017 (Foto: Paulo Accioly)

Patrocinadores prestigiaram encerramento e garantiram apoio ao evento em 2017 (Foto: Paulo Accioly)

Na noite do último sábado (3), diversas autoridades prestigiaram a solenidade de encerramento do Circuito Penedo de Cinema e garantiram nova edição para 2017. Na ocasião, o coordenador geral do evento, Sérgio Onofre, destacou alguns dos desafios deste ano e citou, como grande exemplo, o aumento da acessibilidade com a chegada de um profissional audiodescritor que, ao lado de uma tradutora em Língua Brasileira de Sinais (Libras), enriqueceram ainda mais o Circuito.

“Esse evento é feito por muitas mãos, sejam alunos ou ex-alunos, egressos da Universidade [Federal de Alagoas]. E um dos desafios desse ano veio justamente da professora Josiane (Santos, da Ufal em Penedo), que propôs a audiodescrição – além da tradução em Libras, que já tínhamos desde ano passado. Nós fizemos e foi maravilhoso, pois isso possibilitou o acesso ao produto do cinema brasileiro gratuitamente”, salientou o coordenador.

Ele destacou ainda a importância de uma graduação em cinema no município, o que ampliaria ainda mais a prática cinematográfica. “A gente continua insistindo nesse sonho por acreditar que vai fechar esse círculo de atividades extensionistas do Festival e do Laboratório Escola de Cinema que estaremos abrindo, provavelmente, ano que vem. A ideia é não só recuperar a importância que Penedo teve nos anos 80, mas transformar a cidade num grande polo de produção cinematográfica”, disse, arrancando aplausos da plateia.

A reitora da Universidade Federal de Alagoas, Valéria Correia, também presente no evento destacou a garra de Sérgio Onofre na realização do Circuito e frisou que a Ufal vai continuar a apoiar as próximas edições. “Professor Sérgio tem todo o mérito por ser a figura concreta que historicamente vem promovendo e se articulando para a promoção desse grande evento. Por isso quero parabenizar especialmente, toda a produção, que envolve professores, técnicos e alunos egressos”, disse ela.

O vice-presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do São Francisco (CBHSF), Maciel Oliveira, destacou que a Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental é um dos grandes nortes para que possamos ter cada vez mais produções relacionadas ao Rio e garantiu apoio às próximas edições do evento, do qual este ano esteve como correalizador.

Já o representante do governador Renan Filho, o secretário de desenvolvimento econômico e turismo de Alagoas, Helder Lima, reforçou que o apoio será prática contínua do Estado para que o Circuito cresça cada vez mais e, assim, possa se tornar um evento internacional. “Esse Festival é uma oportunidade para que Penedo apareça para o mundo e cresça para o turismo. Afinal, Alagoas tem o melhor para o cinema – e não são as praias ou o Rio São Francisco – mas toda a turma que vive aqui”, afirmou.

O representante da Algás, parceira oficial do evento desde a segunda edição em 2012, parabenizou a organização do Circuito e destacou que a cultura do cinema está sendo cada vez mais valorizada. Na sequência, o coordenador da Unidade de Penedo da Universidade Federal de Alagoas, Alexandre Oliveira, reforçou que o apoio ao evento “nada mais é do que uma obrigação da Unidade”.

Já o Prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, reforçou que a graduação em Cinema é, realmente, importante para a cidade, garantiu apoio para a próxima edição e destacou que o município pertence ao povo. “E como o Festival já está no calendário estadual de eventos, a cada ano os investimentos aumentarão para que a gente possa transformar o Circuito numa mostra de cinema internacional”, disse, recebendo aplausos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *